2 Matching Annotations
  1. Oct 2015
    1. Um sistema bancário livre, como sugerido na pergunta do Hélio Beltrão, não teria, como disse o Gustavo Franco, "o poder discricionário de criar moeda".

      Mas teria, no entanto, vários outros tipos de controles e balanços, que seriam criados automaticamente pelo mercado, e que tornariam inútil essa capacidade. Em resumo, os bancos não precisariam criar moeda discricionariamente porque não haveria crises monetárias como a de 2008 e, quando houvesse crises importadas elas não trariam risco algum de crise bancária.

      Este arranjo, que para todos os efeitos é apenas uma hipótese imaginária, vale? Bate com a realidade e se encaixa na teoria econômica que Gustavo Franco conhece e defende? Acho que sim, mas seria interessante ouvir o que o Gustavo Franco pensa. O problema é que isto nunca vai acontecer, porque Gustavo Franco é, como mostra este vídeo, incapaz até mesmo de compreender a pergunta.

    2. Gustavo Franco não entendeu a pergunta do Hélio Beltrão sobre bancos livres, achou que ele estava perguntando sobre currency board.

      este vídeo é a prova de que esses poucos economistas "ortodoxos" inteligentes nunca nem ouviram falar -- e são incapazes de conceber -- situações de liberalismo -- o liberalismo mesmo que eles defendem -- extremo, como é o caso de um sistema bancário livre.